MGMwYzAzODY2ZCMvNXo2cFNGWGw5QlhzalczUkt0TVNXQjhEWXdrPS8xMHgxMDoxNDM0eDEzMTIvODQweDc2OC9maWx0ZXJzOnF1YWxpdHkoNzApL2h0dHBzOi8vczMuYW1hem9uYXdzLmNvbS9wb2xpY3ltaWMtaW1hZ2VzLzRiZDVmM2I3ZDI0N2ZkOTNhNGUzMDY2Zjc1ZDU4ZTBjMGMwNjN

Por Caio César

Dando seguimento ao especial de Apostas do C2M para o Oscar 2016, que nós vamos continuar postando até o final do ano, chegam duas das mais disputadas categorias do ano: ator e atriz coadjuvantes. Historicamente, a categoria é a que mais premia profissionais menos conhecidos, aqueles que se destacam em papeis menores nas grandes produções. Este ano, contudo, as categorias prometem estar recheadas de medalhões, fazendo a disputa ficar ainda mais emocionante.

Não assistimos ainda todos os filmes que estão concorrendo a categorias no Oscar. Por isso, todas as nossas apostas são feitas a partir das nossas críticas e, principalmente, pelo buzz causado na imprensa internacional. Primeiro, as damas.

APOSTAS PARA ATRIZ COADJUVANTE:

5) Kirsten Stewart (Clouds of Sils Maria)

kirsten

Apenas imagine Bella Swan sendo indicada ao Oscar. Pois é… isso pode acontecer com o novo filme Clouds of Sils Maria, em que ela contracena com Juliette Binoche. Notícias internacionais dão conta de que a atriz é a melhor coisa do filme, classificado como irregular.

4) Kate Winslet (Steve Jobs)

kate

A ganhadora do Oscar por O Leitor retorna às premiações com a atuação poderosa em Steve Jobs, do diretor Danny Boyle. O filme não fio bem nas bilheterias dos Estados Unidos, mas a sua atuação foi muito elogiada – como a do seu parceiro Michael Fassbender, que interpreta o falecido magnata das comunicações.

3) Rooney Mara (Carol)

rooney

Rooney deve ser indicada ao Oscar mais uma vez, após a sua nomeação à categoria principal por seu papel em The Girl With the Dragon Tatoo. A polêmica aqui é grande. Todos que assistiram ao filme, afirmam que Rooney tem um papel mais relevante na história do que Cate Blanchett, sua parceira em cena. Entretanto, o estúdio decidiu por inscrever Cate nas categorias principais, devido ao peso do nome da atriz e por julgar que Rooney teria mais chance entre as coadjuvantes. Muito pode acontecer. As indicações podem ser invertidas, ou ainda, as duas podem ser indicadas a coadjuvantes – o que. sem dúvida, mudaria todo o cenário na disputa.

2) Alicia Vikander (The Danish Girl)

alicia

Mais um caso de dúvida nas indicações. Críticos tem declarado que o lugar correto para a atriz do novo filme de Tom Hooper é na categoria principal. O estúdio, entretanto, a colocou na categoria de coadjuvante. The Danish Girl parece estar completamente recheado de boas atuações. Alicia dá suporte a Eddie Redmayne, no papel da esposa que participa do processo de descobrimento de uma nova identidade de seu marido.

1) Jennifer Jason Leigh (The Hateful Eight)

Os filmes de Quentin Tarantino se tornaram uma máquina de indicações para papéis coadjuvantes. A da vez é a atriz Jennifer Jason Leigh que jamais foi indicada ao Oscar. ela interpreta uma mulher de gênio forte, em um personagem que foi escrito para Jennifer Lawrence. Entretanto, o diretor achou que Lawrence era nova demais para a o arco da trama e encontrou em Leigh a intérprete ideal. Nada que desse mais certo. Estamos muito ansiosos para esse filme!

E agora, nossas apostas para ator coadjuvante. 

5) Mark Rylance (Ponte dos Espiões)

mark

Particularmente, uma possível escolha da indústria, que não me agrada. Acho a atuação de Mark extremamente normal e talvez seu personagem não o ajude a extrair o seu melhor. Entretanto, a maioria dos críticos o aclamaram e ele está pintando nas listas de grande parte deles, como um dos favoritos à indicação.

4) Idris Elba (Beats of No Nation)

idris

A atuação sensacional de Idris Elba neste filme, produzido pela Netflix (disponível no serviço), é um dos aspectos mais poderosos no impactante longa. A indicação ao Oscar (a primeira na carreira do ator) seria a cereja do bolo de um ano maravilhoso para Elba – ator de sucesso na TV, aclamado pela crítica e favorito para ser o novo 007. Quer mais? Só ganhando o Oscar mesmo.

3) Michael Keaton

keaton

Spotlight é, para muitos, o filme do ano. Muito de sua força, ao que parece, reside nas atuações do seu elenco – elemento que vem fazendo barulho por onde passa. Depois de disputar ponto a ponto, no ano passado, e sair perdedor contra Eddie Redmayne, na categoria principal, Keaton pode botar as mãos na estatueta – mas terá de lutar contra pesos pesados.

2) Sylvester Stallone (Creed)

sly

Mais impressionante do que Creed ser, de fato, um ótimo filme, é a atuação de Stallone no longa. O ator, que há muito estava no piloto automático, ressurge no papel que já lhe rendeu uma indicação, nos anos 70, ao prêmio de ator principal. E não é segredo que a academia  adora histórias de retorno e superação.

1)Tom Hardy (O Regresso)

tom hardy

Com um papel duplo em Legends, Tom Hardy pode abocanhar uma indicação na categoria principal, mas é como coadjuvante que ele já tem vaga certa. Aclamado como um dos melhores atores de sua geração, o astro é antagonista de ninguém menos que Leo Dicaprio e consegue brilhar. É um dos favoritos ao prêmio.

BÔNUS: INDICADO SOBERANO/ GANHADOR DE TUDO NA VIDA:

01 do nosso coração: BING BONG (Divertida Mente)

bing bong

Nenhum dos atores que citamos aqui foi capaz de fazer seu tempo em cena, como coadjuvante, valer tanto a pena como esse elefantezinho que nós tanto amamos. Melhor ator, hoje e sempre, Bing Bong merece todos os prêmios da vida 🙂

Anúncios