coletivariotoc

Caio César

Cinema2Manos participou, na última quarta-feira (25/01), da coletiva de lançamento do filme TOC – Transtornada Obsessiva Compulsiva, primeiro longa protagonizado pela atriz e comediante Tatá Werneck. Participaram do bate-papo com jornalistas de importantes veículos, além da estrela, os atores Luís Lobianco e Daniel Furlan, a produtora Bianca Villar e os roteiristas e diretores Paulinho Cursino e Teo Poppovick.

No longa, que estreia na primeira quinta-feira de fevereiro, Werneck interpreta a atriz Kika K. que, após um importante papel em uma novela, está vivendo a expectativa de ser chamada para encabeçar o elenco da principal produção da emissora: a novela das oito Amorgedon. Sua principal concorrente é a veterana Ingrid Guimarães, que interpreta a si mesma. Kika, entretanto, não está no seu melhor momento emocional – incomodando sua agente (interpretada por uma hilária Vera Holtz) e o seu namorado Caio Astro (Bruno Gagliasso).

O projeto surgiu do zero com Teo e Tatá, antigos parceiros do extinto Comédia Mtv, programa em que ela atuava e ele fazia parte do corpo de roteiristas. Paulinho foi incorporado à equipe depois, chamado pelo amigo Teo, com quem cursou o ensino médio e a faculdade de cinema.

O filme surgiu da vontade que a gente tinha de produzir algo que tivéssemos prazer em assistir depois. Às vezes a gente faz coisas que gostamos de produzir, mas não de assistir depois. Eu queria, de verdade, contar essa história – Tatá Werneck

A atriz revelou que não consegue apontar poucas referências para o humor que faz hoje. Segundo ela, seria uma junção de séries como The Office, Monty Python e até mesmo a mexicana Chaves. De humor ácido e rápido, ela interrompeu a coletiva diversas vezes com gracinhas que levavam todos às risadas.

O filme, que fala muito sobre a relação dos artistas com a fama, despertou curiosidade sobre a relação dos atores com os seus fãs. Luís Lobianco, mais conhecido por ser um dos integrantes do grupo Porta dos Fundos, revelou que já sofreu na mão de seus admiradores:

Uma vez alguém me mandou mensagem falando que tinha pensamentos suicidas, mas que voltava atrás sempre que via minhas fotos no Instagram. Eu fiquei pensando: e no dia em que eu postar uma foto merda? – Luís Lobianco

Depois da coletiva, o Cinema2Manos bateu um papo exclusivo com a produtora Bianca Villar, da Biônica Filmes. Perguntada sobre a expectativa dos produtores a respeito do lançamento do longa na ressaca de um fenômeno (que não mostra sinais de fraqueza) como Minha Mãe é Uma Peça 2, que já bateu a fenomenal marca de 7,5 milhões de espectadores, a simpática executiva foi sincera.

Não esperamos algo do tipo para o nosso filme. Na verdade, ao estabelecermos o seu público-alvo, tínhamos noção de que são jovens que não vão muito ao cinema e que já ficam esperando o longa no home-video.

Sobre o lançamento do filme e a expectativa do mercado ela ainda disse:

Vamos lançá-lo em cerca de 300 salas no Brasil inteiro. É o filé mignon do parque exibidor. Não é um filme para toda família, mas temos a convicção de que não vamos perder dinheiro, estamos confiantes.

Você confere em breve, aqui no site, a crítica de TOC – Transtornada Obsessiva Compulsiva. O longa estreia em todo país no dia 02 de Fevereiro.

 

 

Anúncios