O Cinema2Manos é um blog feito por/para quem curte um olhar menos racional e mais humano do cinema.

Idealizado por Caio César e Renato Furtado, estudantes de Comunicação Social da UFRJ que já haviam trabalhado juntos no programa “CinebutEco”, na Web Rádio Áudio Ativo. Veiculado semanalmente, o programa tinha uma média de 600 ouvintes por episódio e tratava de um assunto específico, sempre com a ajuda de convidados especiais. Com o fim do “CinebutEco”, a dupla não se separou e embarcou no projeto do site que você acessa hoje. Entre as categorias dos posts, você vai encontrar dicas sobre as estreias no Brasil, melhores filmes no Netflix, comentários sobre as notícias mais relevantes da semana, crônicas sobre filmes favoritos do passado, críticas e muito mais! Além disso, sempre vão pintar assuntos sobre o cotidiano analisados pelo olhar dos nossos escritores. Sinta a diferença de não ser mais apenas um leitor. Aqui, você é um dos nossos manos!

Conheça os 2 Manos:

renato-furtado

Renato Furtado pesquisou como fazer um “Sobre” de si mesmo lendo outros sites e descobriu que é sempre bom falar na terceira pessoa para dar um ar de sabe-se lá o que, por nenhuma razão aparente. Estuda Comunicação Social – Cinema na UFRJ, fez parte da equipe do programa de rádio “CinebutEco”, é músico, escreve poemas, contos, bulas de remédio e listas de mercado, traz pessoa amada em três dias por preços razoáveis e realmente, realmente, realmente não faz nada da vida a não ser assistir filmes. Foi o que ele disse.

caio-cesar

Caio César não pesquisou nada. Esperou a Bio do Renato ficar pronta para ele pensar em escrever a dele. Estuda Jornalismo na UFRJ, fez parte da equipe do programa de rádio “CinebutEco” e, atualmente, é estagiário no maior site de cinema do Brasil, o Adorocinema. Morou três meses nos Estados Unidos, período no qual trabalhou nos parques da Disney, na Flórida. Fã de redes sociais, escreveu blogs quando mais novo – sem dar continuidade aos projetos. Apaixonado por cinema desde criança, largou seu sonho de fazer cinema no Brasil para tentar uma profissão que o desse mais dinheiro. Continua tentando.

Colaboradores:

nathalia

Nathalia Barbosa odeia se apresentar, mas…

Viciada em mídia física, protetora da cultura de fã (principalmente se for do Michael Jackson e Pink Floyd), entusiasta de animações e produções com estética dos anos 60, apaixonada por literatura e filosofia.

Parceria:

cheide-logo

Cheide Conteúdo, clique aqui e acesse a página do YouTube!

Anúncios